sábado, fevereiro 27, 2010

Uma Pobre Reflexão (sobre uma alma) Pobre

Quanto tempo desperdiçado em amores acabados, em momentos fingidos, em sentimentos esgotados.
Quem é ela? Apenas uma cópia pobre de mim. Um plágio imundo, improdutivo, miserável, necessitado de atenção e pica.
Com uma redação com qualidade de literatura de banheiro, e oriunda da segunda geração de filósofos de botequim, posso deduzir que o mais alto que uma pessoa tão auto-piedosa possa chegar é uma torre de parque de diversões. Essa será a maior ascensão social e emocional que essa pessoa vivenciará...

2 comentários:

cidadedopensar disse...

Incrível gata. Cheio de amor e ódio em um breve texto de longa sabedoria cotidiana. Também Escrevo, com muito sentimento. Ódio e amor estão presentes em quase todos os meus textos... Gata.. te encontrei por pura ventura... no blip.fm ..

Gostei muito do seu blog. Acesse o meu : http://cidadedopensar.wordpress.com/

Acredito que irá curtir alguma coisa lá... se não curtir... ah.. foda-se.. hehehehe.. que viva o livre arbítrio.. rsrsrsrs...

Bjk... RafaLeoBraga menos conhecido como Cidadão Pensante e LBDJ !

Conitnue nas escribas da madrugada, Gata !

bia disse...

legal,vc escreve bem.
ja pensou em escrever um livro?acho q seria bem legal.
visite o meu blog:
http://www.blogtwillight.blogspot.com/